quarta-feira, 21 de agosto de 2013

Arte - As pin-ups de Peter Driben

Peter Driben é considerado um dos pintores de pin-up mais ativo dos anos 40/50. Apesar de Alberto Vargas e Gil Elvgren possuírem catálogos extensos de trabalho, estes não se igualaram as publicações de Driben. 
Suas pin-ups encantaram o público norte-americano desde o início da II Guerra Mundial até o grande "boom" do estilo nos anos 50.
Sua primeira pin-up conhecida foi para a Tattle Tales em outubro de 1934, e em 1935 ele estava produzindo capas para Snappy, Pep, New York Nights, Night Life e Caprice, e desde então sua popularidade não parou de crescer.
Em 1936 Driben começou a investir em campanhas publicitárias de sucesso como Philco, Cannon Bath Towels e the Weber Baking Company.
Sua obra mais famosa talvez tenha sido os cartazes originais e obras de arte de publicidade para a The Maltese Falcon .
Em 1944 foi-lhe oferecido a oportunidade incomum para um artista de pin-up: Tornar-se  diretor de arte do New York Sun , cargo que manteve até 1946.  
Durante a guerra, sua pintura popular de soldados americanos levantando sua bandeira em Iwo Jima provocou uma considerável quantidade de atenção da mídia.
Em 1956, Driben e sua esposa se mudaram para Miami Beach, onde passou seus anos de aposentadoria pintando retratos (incluindo um de Dwight D. Eisenhower ) e outras belas obras de arte, que foram organizadas em exposições de sucesso por sua esposa.  Ele faleceu em 1968.

Conheça um pouco da sua obra

Staying Warm, Wink magazine cover, Janeiro 1947 
 Miss sweater girl  1950
 
 Beauty Parade, Maio 1951
 Pictorial Movie Fun, Jun.1941
 
Pictorial Movie Fun, Outubro de1940
 Outras pin-ups

Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário: