sexta-feira, 26 de julho de 2013

TOP 6 Stanley Kubrick


Stanley Kubrick (1928-1999) foi uma influência para os mais famosos diretores, entre eles Martin Scorsese, Steven Spielberg, James Cameron e Ridley Scott. Diz-se que Spielberg passou muitas horas assistindo 2001 enquanto filmava "Contatos Imediatos do 3º grau". 
Kubrick deixou  um legado de arte e inspiração por meio do cinema que, infelizmente, resumiu-se a apenas 13 filmes. Podemos nos lamentar por não termos mais obras de Kubrick à disposição, mas talvez seja justamente o jeito meticuloso de dirigir e de fazer a pós-produção que tenha tornado o trabalho do diretor tão lento e, ao mesmo tempo, tão genial. 

Era típico de Kubrick, modificar a narrações e histórias de livros nas adaptações de seus filmes, livros estes considerados clássicos antes do diretor consagrá-los ao cinema, como Lolita, o Red Alert que inspirou Dr. Fantástico, o conto que deu origem a 2001 e Laranja Mecânica, todos deformados para se encaixar na visão megalomaníaca do maior artista audiovisual da história, com ou sem o aval de seus autores originais (como Nabokov ou Burgess). Essa tática acabou por gerar também algumas teorias conspiratórias em relações a seus filmes, dizendo assim que haviam mensagens subliminares escondidas neles, não é difícil encontrarão uma ou mais histórias relacionadas a Kubrick, basta buscar no google que centenas de teorias aparecerão inclusive de que tenha sido ele que dirigiu a "Farsa do homem a Lua".
Polêmico, gênio, excêntrico, Kubrick contribuiu com boa parte da cultura cinematográfica, transformando assim seus filmes além de clássicos, eternos e cultuados até hoje. Fica aqui o TOP 6 Stanley Kubrick em homenagem ao seu aniversário.

1. 2001: Uma Odisséia no Espaço   
É um marco do cinema em muitos aspectos: visual, artístico, filosófico, cinematográfico, publicitário entre tantos outros aspectos. É considerado por muitos um dos melhores filmes de ficção científica de todos os tempos. E sua fama não é à toa. Escrito, dirigido e produzido durante 5 anos por Stanley Kubrick, 2001 foi lançado a tempo de predatar em mais de um 1 ano a ida do Homem à Lua com o máximo de fidelidade possível (não há som das naves, já que o som não se propaga no espaço). Foi baseado nas obras de Arthur C. Clarke, The Sentinel e 2001: A Space Odyssey, esta última escrita simultaneamente às filmagens: Enquanto Kubrick trabalhava em cima do roteiro, Clarke escrevia o livro, com ambos trocando idéias e opiniões durante o trabalho. 
Trailer
 Kubrick durante as gravações de 2001: A Space Odyssey
2.Dr. Fantástico 
A celebrada e clássica comédia de humor negro de Stanley Kubrick sobre um ataque nuclear acidental que foi indicado para 4 Oscar em 1964. Criado durante um tempo em que a paranóia da Guerra Fria estava em seu auge, filme ainda se mostra atual em nossos dias. Convencido de que os comunistas estão poluindo os preciosos fluidos corporais da América, um general enlouquecido (Sterling Hayden) ordena um ataque nuclear a União Soviética. Seu ajudante, Capitão Mandrake (Peter Sellers), desesperadamente procura uma maneira de suspender ataque. Enquanto isso, o presidente dos EUA (Sellers mais uma vez) pega o telefone de emergência para convencer o bêbado premiê soviético que impedir ataque é um erro tolo, enquanto o conselheiro do presidente (e ex-cientista nazista) Dr. Fantástico (Sellers outra vez) confirma a existência da temida Máquina do Juízo Final - um secreto dispositivo soviético de retaliação que garante acabar com a raça humana de uma vez por todas!
Trailer

3.Laranja mecânica  
Adaptação do romance homônimo de 1962 do escritor inglês Anthony Burgess.
Ambientado numa Inglaterra num futuro indeterminado, o filme mostra a vida de um jovem, chamado Alexander DeLarge, cujos gostos variam de música clássica (Beethoven), a estupro e ultraviolência. Ele é o líder de uma gang de arruaceiros, aos quais se refere como "druguis" (palavra originária do russo Drug - Друг; amigo). Alex narra a maioria do filme em "Nadsat", um idioma que mistura o russo, o inglês e o cockney (por exemplo, rozzer é polícia, drugo é amigo, chavalco é homem, moloko é leite). Alex é irreverente e abusa dos demais; mente para seus pais para faltar na escola. Não preciso escrever muito sobre a sinopse pois aposto que todos aqui ja viram o filme. ;)
Trailer 

                 Bastidores do filme Laranja mecânica

4.O iluminado 
É tido por muitos como o segundo melhor filme de Kubric, baseado em um livro de sucesso de Stephen King .
Passa-se no contexto de uma família isolada em um hotel, do qual tomam conta, cujo pai, escritor, sofre da antes introduzida Síndrome da Cabana, que ocorre quando pessoas vivendo muito tempo enclausuradas se rebelam umas contra outras.
O filho do casal tem uma "iluminação" que o torna capaz de prever e rever acontecimentos e é provido de uma inteligência incomum para sua idade.
O filme aborda assuntos como reencarnação, predestinação e previsão do futuro, obra que caracteriza otimamente a criatividade do seu diretor, refletida em cenas mundialmente conhecidas, mesmo sem saber se referentes ao filme.

Curiosidades: Os clipes das músicas "The Kill" da banda 30 Seconds to Mars e de "Spit it Out" da banda Slipknot são inspirados no filme. A banda Mudvayne possui uma música chamada "Dull Boy" que traz na introdução a frase "All work and no play makes me a dull boy" que o protagonista Jack escreve repetidas vezes.

Trailer 


 Bastidores de O iluminado

5. Glória feita de sangue
Glória Feita de Sangue é baseado em um romance de Humphrey Cobb, sobre um episódio real da Primeira Guerra Mundial envolvendo o exército francês. Dois generais, em busca de holofotes, mandam um regimento de soldados em uma missão suicida, para tomar um forte sob comando dos alemães. O coronel do regimento, vivido por Kirk Douglas, leva a missão a cabo, bastante a contragosto, apenas para ver dezenas de seus homens serem dizimados. Em meio à batalha, vários soldados, temendo pela vida, recuam para seus postos ou se negam a sequer sair das trincheiras onde estão acampados. 

No documentário A Life in Pictures (2001), sobre a vida e obra de Stanley Kubrick, Martin Scorsese faz um comentário simples e direto sobre Glória Feita de Sangue. “É impossível ver o filme e não chorar”, diz ele. 
Kubrick tinha apenas 28 anos quando começou as filmagens de Glória feita de sangue e foi durante o filme que ele conheceu sua mulher, Christiane, que o acompanharia fielmente até sua morte, aos 70 anos. 

Trailer 


6. Spartacus 
Vencedor do Oscar de 1961 de melhor ator coadjuvante (Peter Ustinov), melhor direção de arte colorida, melhor fotografia colorida e melhor figurino colorido e Indicado nas categorias de melhor edição e melhor trilha sonora de drama ou comédia.
Spartacus é drama histórico, conta a história do escravo romano Espártaco. De um diálogo inteligente e de duplo sentido quanto a censura imposta naquela época e conta a história  de um homem que nasceu escravo, labuta para o Império Romano enquanto sonha com o fim da escravidão. Ele, por sua vez, não tem muito com o que sonhar, pois foi condenado à morte por morder um guarda em uma mina na Líbia. Mas seu destino foi mudado por um lanista (negociante e treinador de gladiadores), que o comprou para ser treinado nas artes de combate e se tornar um gladiador. Até que um dia, dois poderosos patrícios chegam de Roma, um com a esposa e o outro com a noiva.

Trailer

 Stanley Kubrick e Tony Curtis Bastidores de Spartacus

 Fontes:
 cineclick, saudadededeus, gazetadopovo, netflix.


 

 
Comentários
0 Comentários